Minas Gerais e Rio Grande do Norte próximos à inspeção veicular

Cadastrado em 09/05/2011

Belo Horizonte e Natal possivelmente serão as próximas capitais brasileiras a iniciar programa de inspeção veicular, em moldes semelhantes aos já aplicados na capital paulista. A região metropolitana de São Paulo, que engloba o Grande ABC e municípios vizinhos como Barueri, Carapicuíba, Cotia e outros também deverá iniciar a verificação em breve.

De acordo com o gerente do setor de laboratórios de emissão veicular da Cetesb, Rui de Abrantes, a Resolução 418 do Conama, Conselho Nacional do Meio Ambiente, que dispõe sobre os critérios para a elaboração de Planos de Controle de Poluição Veicular, o PCPV, e para a implantação de Programas de Inspeção Manutenção de Veículos em Uso, terá sua aplicação multiplicada pelo Brasil em breve. O executivo participou de seminário promovido pela AEA, Associação Brasileira de Engenharia Automotiva, para marcar o aniversário de 25 anos do Proconve, realizado na quinta-feira, 28, em São Paulo.

O município de São Paulo, no entanto, continua na frente e foi o primeiro a aprovar o PCPV no Brasil, explica o engenheiro e consultor da EnvironMentality Gabriel Murgel Branco, especialista em controle de poluição veicular. O plano paulistano prevê, dentre outros, inspeção de emissões em corredores de ônibus e análise de índices de CO2.

Também fazem parte da proposta melhoria da qualidade e atratividade de meios de transporte coletivo, incentivos para a renovação da frota e reciclagem de veículos antigos e sucateados, além de exigência de inspeção de veículos emplacados em outros municípios que circulam com frequência pela cidade de São Paulo. Branco defendeu a inspeção de veículos novos, tema que gerou polêmica, e apresentou aos participantes dado inédito: 4% dos veículos com um ano de fabricação são reprovados na inspeção veicular paulistana.

Fonte: ANFIR
Área do Distribuidor
Logo Noma

telefones Anfir

Copyright - 2011 - Desenvolvido por InovaClick