Contran autoriza transporte de tritrens remontados

Cadastrado em 03/01/2017


Por meio da Resolução xxx/2016, o Conselho Nacional de Trânsito aprovou os requisitos para o transporte de Composições de Veículos de Carga  Remontados (CVR).

Entende-se por Composição de Veículo Remontada (CVR) aquela com quatro unidades (tritrens), nas quais as duas unidades traseiras circulam na volta descarregadas e transportadas pelas duas primeiras unidades (figuras 1 e 2).

Em ambas as situações:

I - O desempenho do sistema de freios devem atender  à Resolução 519/15 do CONTRAN.

II- Os adesivos, os para-choques, o sistema de iluminação e os limites de pesos e dimensões devem estar todos conforme as Resoluções CONTRAN sobre estes assuntos.

III -  O acoplamento dos veículos articulados com pino-rei e quinta-roda devem obedecer ao disposto na NBR NM ISO 337.

A carga não poderá ficar acima do painel dianteiro. No retorno, deve ser utilizado, na região posterior, o sistema de amarração já instalado nos equipamentos para amarrar as toras, ou seja, as catracas pneumáticas existentes no produto.

Cada cinta deve possuir capacidade de carga à ruptura de 7 toneladas e o modelo do gancho deve ser do tipo delta.


Devem ser utilizadas duas cintas para amarração de cada composição, ou seja, a composição intermediária fará a amarração da composição traseira e a composição dianteira fará a amarração da composição traseira e a composição dianteira fará a amarração da composição intermediária (figura 3).

Na região frontal do equipamento, o sistema de amarração deve utilizar o sistema articulado com pino-rei e quinta roda (figura 4).

O travamento do deslocamento horizontal deve ser feito através de um pino, projetado exclusivamente para tal finalidade.

O deslocamento vertical deve ser nulo, devendo inexistir folga no mecanismo de travamento entre a quinta roda e o pino-rei.

O não cumprimento do disposto na Resolução sujeita o infrator às penalidades previstas no CTB, especialmente as estabelecidas nos incisos IX e X do artigo 230 do CTB.

O sistema de transporte aprovado reúne um grande número de vantagens:

Reduz o número de CVCs trafegando nas rodovias;
Reduz o número de acidentes, uma vez que proporciona maior facilidade e segurança na ultrapassagem;
Aumenta a segurança de tráfego, devido à redução da área utilizada e do número de veículos de carga na rodovia;
Menor emissão de poluentes e redução do consumo de combustível;
Redução do custo de manutenção, devido ao menor desgaste dos produtos;
Contribuição para o processo de conservação das rodovias;
Melhora na operaçãode manobra, quando o veículo estiver descarregado, pois usa uma área de varredura menor.
Reduz as despesas com pedágio.

Figura 1 - CVR montado durante a viagem de ida


Figura 2 - CVR desmontado durante viagem de volta


Figura 3 - Amarração da carga na região posterior por meio de cintas e catracas.


Figura 4 - Amarração das cargas na parte da frente, por meio de sistema de pino-rei e quinta roda e de pino específico.


Área do Distribuidor
Logo Noma

telefones Anfir

Copyright - 2011 - Desenvolvido por InovaClick